História do Andebol

Introdução

Com uma história ancestral, o andebol tem, no nosso país, setenta anos de existência. Mas desde o velhinho andebol praticado em campos de futebol pelados, com onze jogadores, um andebol mais lento, mais físico, menos técnico e táctico, até ao andebol actual que faz vibrar pavilhões.

Existem várias teorias que apontam o aparecimento do andebol e não é deixar de frisar o primeiro marco desta modalidade numa obra de Homero ,Odisseia, com uma simbólica passagem descrevendo uma bola feita de lã que seria passada à distância, de mão em mão, sem que o esférico pudesse tocar no solo. Cena de entretenimento semelhante terá sido retratada num relevo encontrado na mítica cidade de Atenas, elaborado cerca de 600 anos antes do nascimento de Jesus Cristo.

Os gregos apelidavam o jogo de Pahininda, enquanto na Roma Antiga algo semelhante transportava a designação de Harpastum. Pode dizer-se que este jogo disputado por gregos e romanos era fundamentalmente um acto de posse, na tentativa de não deixar a bola ser levada para o campo adversário, naquilo que hoje em dia se pode admitir como uma inversão do que é, nos dias de hoje.

Em 1890, o professor de ginastica Konrad Kech criou um jogo com características muito semelhante às do Andebol. Na Checoslováquia, praticava-se já há muito um jogo popular e parecido como Andebol, o «AZENA», nome pelo qual este desporto ainda é conhecido naquele pais.

Em Portugal, existia na cidade do Porto um jogo muito semelhante, conhecido por malheiral, nome que lhe adveio do facto do seu criador ter sido o professor de Educação Física Porfírio Malheiro.

O dito jogo

Deixando para trás os vários séculos de evolução que permitiriam em sentido vário a criação de modalidades desportivas disputadas com as mãos e uma bola, com esta última a adaptar-se a tantos tamanhos e feitios. É a partir de 1890, que se intensifica a difusão destes três diferentes jogos, todos eles já com a particularidade de existir uma baliza de cada lado, uma área restritiva reservada ao guarda-redes e a ideia de cada formação passar a bola de mão em mão para, com um remate final, se tentar marcar um golo na rede adversária.

A verdade é que, entre recuos e avanços em diferentes países da Europa Central, foram necessários cerca de três décadas para que o andebol de onze vingasse definitivamente, só se conhecendo a uniformização da modalidade em 1920. Cerca de cinco anos depois, no dia 3 de Setembro de 1925, realizar-se-ia o primeiro jogo internacional de andebol onze, com a Alemanha a derrotar a visitante Áustria por 6-3. Dois anos mais tarde, verifica-se a confirmação internacional das regras definidas pelos alemães para o andebol de onze.

O Andebol

O nome Andebol tem origem inglesa e significa «jogo de bola com a mão». O Andebol é um jogo para homens e mulheres, inventado em Berlim depois da I Guerra Mundial. Duas equipas de 11 jogadores cada uma com dois jogadores suplentes tentavam introduzir na baliza contrária uma bola de 58-60 cm de perímetro e de 400-475g de peso. A bola só podia ser tocada com as mãos e com os braços; ao guarda redes era permitido usar os pés para defender a baliza. 

As dimensões do campo variavam entre 90 m x 55 m e 110 m x 65 m. O jogo dividia-se em duas partes de 30 minutos. No Andebol feminino, cada parte reduzia-se a 20 minutos. Este jogo veio a cair completamente em desuso. Actualmente, o Andebol é jogado quase exclusivamente em campos de pequenas dimensões (> Andebol de 7). Em Portugal, o Andebol de 11 foi introduzido no Porto, em 1929. Em 1931 foi formada a Associação de Andebol de Lisboa e em 1932 a Associação de Andebol do Porto.

O Andebol de 7

É um jogo de competição desenvolvido principalmente nos países escandinavos, a partir do Andebol de 11. As dimensões do terreno de jogo, em recinto coberto ou ao ar livre, variam entre 38 m x 18 m e 44 m x 22 m. O tamanho da baliza é de 2 m x 3 m. O jogo divide-se em duas partes de 30 minutos, separadas por um intervalo de 10 minutos. Cada equipa é formada por sete jogadores, havendo outros cinco, um dos quais guarda-redes, como suplentes. 

No terreno de jogo só podem estar seis jogadores ao mesmo tempo, além do guarda-redes. As regras são as mesmas do Andebol de 11, excepto as seguintes: 

    As principais maneiras de rematar, são:

As principais competições internacionais são os Campeonatos Mundiais de Andebol, que se efectuam com irregularidade, os Campeonatos da Europa, a Taça dos Campeões Europeus e a Taça dos Vencedores das Taças. O Andebol é disciplina olímpica desde 1972. Em Portugal, o Andebol de sete foi introduzido em 1949.